Missão Reviver

A Missão Reviver

O projeto missionário “Missão Reviver” é uma ação que atua de forma interdenominacional, alcançando todos aqueles que necessitam de apoio para o desenvolvimento e continuidade de seus trabalhos (missionário e pastoral).Idealizado, como também, desenvolvido pelo Pastor Missionário e Psicoterapeuta Dr. Virgínio de Carvalho Neto, a “Missão Reviver visa especificamente dar apoio espiritual e psicológico à todos os missionários que servem ou já serviram na obra do Senhor Jesus em  áreas de risco.

Seu principal objetivo é revitalizar missionários que atuam em áreas de risco.

A Missão Reviver nasceu através das experiencias vivenciadas pelo Pastor e Missionário Virgínio de Carvalho Neto em seus 16 anos de trabalho na obra missionária internacional. Criada em 1 de Janeiro de 2000, a Missão Reviver, sendo aprovada pela igreja se tornando uma realidade e referência entre os projetos do gênero no país.

Relato do Pastor e  Missionário Virgínio de Carvalho Neto

“Durante anos, pude viver e sentir dificuldades do campo missionário, servindo em áreas de riscos ou envolvidos em projetos de auxílio à população carente.”

“Senti de Deus em fazer algo a mais pela missão em meu Estado, no Brasil e no mundo, mesmo sendo Presidente de uma Igreja Missionária.”

Atuação

Em parceria com outras igrejas e instituições, a Missão Reviver identifica as áreas e missionários carentes de trabalho que ela oferece.” Um contato inicial é realizado com as igrejas ou agências que os enviou, avaliamos a melhor forma de ajudá-los” Explica o idealizador do projeto.

Missão Reviver no Timor Leste (Missionária Ingrid)

Cartas da missionária Ingrid ao Brasil

Carta do dia 7 de Junho de 2009

Baucau, Timor Leste, 07 de junho de 2009

Queridos e amados irmãos,

A paz do Senhor!

O Salmo 126:5-6 nos diz “Os que com lágrimas semeiam com júbilo ceifarão. Quem sai andando e chorando enquanto semeia, voltará com júbilo, trazendo os seus feixes.” Não são poucas as vezes que nós, como cristãos, temos que semear chorando ao olhar as situações que nos cercam e as circunstancias que temos de enfrentar. Mas a Palavra do Senhor nos promete que essas lágrimas derramadas não serão em vão. Depois de uma semeadura difícil, penosa, voltaremos com alegria trazendo o fruto do nosso trabalho em nossas mãos.

E é transbordando com essa alegria que eu gostaria de compartilhar com os irmãos as bençãos do Senhor sobre o campo do Timor Leste. Depois de quase um ano e meio de espera, finalmente iniciamos o funcionamento da clínica móvel. Foram indicadas duas vilas a duas horas e meia de distancia do local onde moramos, cujo acesso é uma estrada cheia de buracos, de pedra e de lama. Em diversos trechos da viagem precisamos usar a tração do carro, sem a qual seria impossível o avanço na jornada. Por conta da longa viagem decidimos dar atendimento apenas nas duas primeiras semanas de cada mês. Às terças clinicamos em uma vila, pousamos na vila Baguia, que fica a 40 minutos e onde foi construída uma casa para médicos, que estava desocupada pela falta de médicos que quisessem trabalhar nesse local, e às quartas clinicamos em uma outra vila. Após isso, voltamos para a cidade de Baucau.

Nossa equipe é composta de uma médica, que sou eu, uma técnica em enfermagem, que revesa comigo na condução do van, e uma assistente social. Pelo fato de sermos apenas mulheres, há momentos que tememos pela nossa segurança e que algo aconteça com a van ao longo das estradas desertas que temos de percorrer. Mas logo voltamos o nosso pensamento para o Senhor e em tudo que Ele já tem feito por nós. Porém temos enfrentado dificuldades na operacionalização do nosso trabalho em uma das vilas. A comunidade é muito agressiva e em determinados momentos pensamos em desistir. Mas o nosso Senhor nos falou que os doentes é que precisam de médicos, e essa comunidade está enferma não só no seu físico, mas muito mais em sua alma, que precisa ser resgatada das trevas. Pedimos ao Senhor constanteme nte para que caiamos na graça do povo para que, futuramente, tenhamos portas abertas para compartilhar o Evangelho com eles.

No primeiro dia atendemos 86 pacientes, no segundo 90, no terceiro 105, no quarto 132, no quinto 91 e no sexto 109 pessoas. Porém esses números parecem insuficientes haja vista a necessidade do povo. Entretanto somos apenas três pessoas para dar conta de um trabalho tão grande. O nosso clamos é que o Senhor continue enviando mais trabalhadores para sua seara. E não só isso, que Ele sustente os corações dos que já estão no campo. Encontramos crianças de 1 ano de idade com 7kg, crianças de 3 anos com 10 kg. A maioria das mulheres adultas pesa entre 35 a 38kg e é raro encontrar um homem adulto com mais de 50 kg. Precisamos de que o Senhor nos sustente e dê ânimo para trabalhar em meio a tanta carencia física e espiritual.

Motivos de louvor:

  • pelo funcionamento da clínica móvel no Timor;
  • pela abertura com os líderes e a comunidade de uma das vilas;
  • pelos livramentos que o Senhor já concedeu; e
  • pela casa que nos foi disponibilizada em Baguia.

Motivos de oração:

  • pelo meu aprendizado da língua makasae, falada nas vilas onde prestamos atendimento;
  • pela nossa segurança ao longo da viagem e durante os atendimentos médicos;
  • pela troca da van, que frequentemente tem dado problemas dos mais diversos; e
  • pela manutenção de minha saúde.

Que o Senhor continue recompensando cada um que tem abençoado a minha vida através dos clamores elevados aos céus e das ofertas voluntarias. Que Ele faça transbodar na vida de cada irmão bênçãos espirituais e materiais em Cristo Jesus.

No Mestre,

Miss. Ingrid

 

Carta do dia 9 de Agosto de 2009

Baucau, 09/08/2009

 

Queridos e amados irmãos,

A paz do Senhor!

“Porque a Tua benignidade é melhor do que a vida; os meus lábios te louvarão” (Salmo 63:3).  O salmista Davi escreveu esses versos quando estava no deserto de Judá e buscava ansiosamente a presença do Senhor. É quando estamos no deserto de nossas vidas, quando as nossas forças se esvaem, sem ter com quem contar, que sentimos o anelamos intensamente a presença viva e real do Senhor. E é exatamente nesses momentos que Ele se revela e nos diz que nunca nos abandonou, mas sempre esteve conosco. Cabe a nós reconhecermos Sua benignidade e o louvarmos por todo o bem que o Senhor tem feito a nós.

E é isso que estou fazendo perante a igreja do Senhor. Reconhecendo a benignidade de Deus e seus maravilhosos feitos em minha vida. Nas últimas cartas pedi orações a respeito de um dos lugares onde trabalhamos, onde as pessoas são agressivas e em dados momentos chegaram até a nos ameaçar. Ficamos sabendo que o nome do lugar significa “Dente de Cachorro” na língua local, o que de certa forma explica a agressividade desse povo. Em certas ocasiões pensei em desistir de trabalhar lá e quis pedir às autoridades para trocar de aldeia, mas Deus falou bem forte ao coração da equipe que os doentes é que precisam de médicos. E esse povo é doente não só no corpo, mas muito mais na alma, pois precisa de salvação.  Em algumas semanas poucas pessoas apareciam para as consultas, mas finalmente a população voltou a buscar nossos serviços, com a diferença de que os agitadores não têm aparecido e temos desfrutado de paz durante os atendimentos, certos de que o Senhor está no controle de todas as coisas. O que temos pedido a Deus é que caiamos na graça do povo para que posteriormente possamos transmitir-lhe a mensagem de salvação.

Temos diagnosticado muitos casos de tuberculose na população das duas aldeias. Felizmente esses pacientes podem receber o tratamento adequado antes de chegarem à fase avançada da doença. E, como um belo presente, Deus me permitiu realizar meu primeiro parto no Timor. A mulher estava a dois dias sentindo contrações, mas o bebê não nascia. A sua mãe veio chorosa ao nosso encontro enquanto passávamos com o carro em direção ao lugar onde trabalharíamos naquele dia. Ao exame, o bebê já estava na posição e pronto para nascer. Após o parto, como sinal de gratidão, a mãe me deu o privilégio de dar o nome ao seu filhinho. E assim nasceu o pequeno Mateus.

Uma outra bênção foi o grande livramento do Senhor. Como já havia relatado antes, precisávamos trocar o nosso carro, que frequentemente apresentava problemas. Não tínhamos verbas disponíveis para manutenção dos constantes reparos, mas estava preocupada com um ruído que vinha do pneu do lado do motorista. Ao chegarmos à capital do país para deixar o carro na oficina, passamos na casa de um casal da mesma missão, onde pernoitaríamos. A esposa disse-me que já havia sonhado duas vezes que eu perdia o controle do carro e caía num despenhadeiro. Horas depois, o mecânico avaliou o carro e disse que o problema estava numa das peças que segura o pneu, a qual estava parcialmente danificada. Se essa peça rompesse completamente ao bater num buraco da pista, por exemplo, o pneu se soltaria e eu perderia o controle do veículo. Glória a Deus por seu cuidado, pois Ele é fiel e zela por Seus filhos! Imediatamente entramos em contato com a líder da missão e relatamos a situação. Mesmo com muito sacrifício, já que comprometeria todo o sustento destinado aos projetos no próximo mês, foi autorizada a compra de um novo veículo, uma van semi-nova, ano 99, mas com 16.000 km rodados e que ainda está com cheiro de carro novo.  Louvado seja o nome do Senhor que responde a oração dos Seus servos!

Motivos de louvor:

  • pela intervenção do Senhor na aldeia onde estávamos enfrentando dificuldades;
  • pelos livramentos;
  • pela compra do novo veículo; e
  • pelos pacientes que têm sido beneficiados com o nosso trabalho.

Motivos de oração:

  • pelo envio de recursos financeiros para o suporte dos projetos no próximo mês;
  • pela manutenção de minha saúde;
  • pelo meu aprendizado da língua macassae para um melhor trabalho nessas aldeias; e
  • para que caiamos na graça do povo e abramos portas para a pregação do Evangelho.

Que o Deus e Pai do nosso Senhor Jesus continue a abençoar de maneira particular e especial a cada um que tem disposto o seu coração nessa obra, seja através das orações, seja através das ofertas. Não parem de interceder, pois tenho certeza que as minhas vitórias aqui no campo são fruto de cada clamor erguido ao trono da graça. Que o Senhor recompense muitas vezes mais.

Em Cristo,

Miss. Ingrid

 

Missão Reviver na Bélgica (Missionários Gutemberg e Angela)


O Pastor Virgínio visita a Bélgica

O Pastor Virgínio visita a Bélgica

Missão Reviver em Nova Iorque ( Missionários João Luis e Jaqueline)



Obrigado pela atenção,

A direção

Leave a response and help improve reader response. All your responses matter, so say whatever you want. But please refrain from spamming and shameless plugs, as well as excessive use of vulgar language.

One Response to “Missão Reviver”

  1. Luiz EDuardo dos Santos

    A PAz do Senhor!

    “Servir a Deus é uma Renúncia das coisas banais do mundo”, muito mais que um propósito, é estar em Cristo em todas atitudes e gestos. Estou estupefato com a obra missionária que a igreja Assembléia missões vem desempenhado ao longo do tempo, agora sei o por que ela se chama missões, o nome missões à distingue onomasticamente das demais, isso pelo simples fato de trabalhar na obra missionária do evangelho.
    O fato de trabalhar significa derramar suor em troca de algo, para os missionários que estão em terras distantes, como a missionaria Ingrid ( Timor Leste) isso significa muito mais, significa doar a vida em prol de muitas outras, e nisso eu me sinto maravilhado, estou contente e levo esse exemplo para me fortificar na fé, e vejo que minha fé aumentou mais um pouquinho ao contemplar as cartas da Serva de Deus. gostaria de deixar aqui meus sinceros votos de apreço, e ao mesmo tempo cooperar com as minhas orações, e nessa referência busquemos o exemplo dos servos de Deus para poder praticar o mesmo, pois Servir a Deus ainda é Renunciar ao mundo e tudo que nele há, busquemos a referência dos missionários para trabalhar para Deus!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.